Pimentel Mente

Mentira: Pimentel mente ao dizer que Anastasia não fez obras importantes, uma ofensa à memória dos mineiros

Pimentel mente ao dizer que Anastasia não fez obras importantes, uma ofensa à memória dos mineiros

Para tentar esconder a total falta de investimentos de seu governo, que não realizou grandes obras e não tem sequer um programa que tenha de fato trazido melhorias para a vida dos mineiros, Fernando Pimentel afirmou, em debate na TV Globo, que Anastasia só teria feito obras desnecessárias.

 

Mais uma vez, Pimentel parece desconhecer a história de Minas.

 

Veja algumas das principais obras de Anastasia:

 

  • O Programa de Pavimentação de Ligações e Acessos Rodoviários aos Municípios (ProAcesso) foi o maior programa de infraestrutura rodoviária já implantado em Minas Gerais. Com ele, 220 municípios que não contavam com esse benefício ganharam acessos asfaltados, em um total de 5.273 km de rodovias pavimentadas e com investimentos da ordem de R$ 4 bilhões.
  • Com os investimentos em pavimentação, a malha rodoviária estadual asfaltada teve um aumento de 49,6% no período em que Anastasia esteve no governo. Ou seja, o governo construiu o equivalente à metade do asfalto existente em todo o período anterior.
  • Realizou o Proaero, para melhoria da infraestrutura aeroportuária. Com o programa, foram investidos R$ 430 milhões em 29 aeroportos públicos. São eles: Almenara, Araxá, Capelinha, Cláudio, Curvelo, Diamantina, Divinópolis, Frutal, Governador Valadares, Guanhães, Guaxupé, Ituiutaba, Iturama, Januária, Juiz de Fora, Lavras, Manhuaçu, Oliveira, Ouro Fino, Passos, Patos de Minas, Patrocínio, Pirapora, Piumhi, Poços de Caldas, São João Del Rei, Teófilo Otoni, Ubá e Viçosa.
  • Com Anastasia, a Copasa investiu mais de R$ 8 bilhões em ações de implantação, ampliação e melhoria dos sistemas de esgotamento sanitário e nos sistemas de abastecimento de água. Os investimentos em abastecimento de água atingiram mais de 1,2 milhão de novas economias residenciais.
  • Com o Lares Geraes foram construídas habitações populares em 482 municípios, e mais de 38 mil famílias alcançaram a casa própria.
  • Em 2013, o Governo de Minas lançou o ProMunicípio, com o objetivo de apoiar e acelerar o desenvolvimento dos municípios mineiros com população de até 100 mil habitantes, com o repasse de recursos para obras de infraestrutura viária e aquisição de máquinas, equipamentos e veículos além de ações nas áreas de saúde e educação. Até 2014, cerca de 350 municípios foram beneficiados com a entrega de mais de 600 máquinas e veículos para infraestrutura, além de diversas outras ações.
  • Entre 2005 e 2010, o Governo do Estado desenvolveu também o Minas Avança, programa que investiu cerca de R$ 250 milhões em obras de infraestrutura, nas áreas de saneamento, pavimentação, canalização e construção de pontes em todas as regiões do Estado.
  • Construção de 991 unidades do Farmácia de Minas, beneficiando aproximadamente 15,8 milhões de mineiros.
  • Antes de Anastasia, o Estado contava com 67 leitos de UTI pediátricos e 224 leitos de UTI neonatal. Até 2014, o volume de leitos teve um crescimento de 224%, passando para 190 leitos de UTI pediátricos e 536 leitos de UTI neonatal, totalizando 726 leitos, sendo 543 (tipo I e II) já habilitados e funcionando e os demais em fase final de implantação.
  • Somente para melhorar a rede física das escolas, o Governo de Minas investiu R$ 1,88 bilhão até 2014. Os recursos foram destinados para a construção de novas unidades escolares, reformas e ampliações, reparos e aquisição de mobiliários e equipamentos. O atual governo recebeu a Educação, em 2015, com 2.454 obras concluídas entre 2011 e 2014 e outras 2.555 obras em andamento, muitas em estágio final.